Atendimento corporativo: (21) 3147.5377

Blog ALF

Notícias

Setor de reparação automotiva deve crescer mesmo com crise

Publicado em 05 de dezembro de 2016

Segundo um estudo publicado no Oficina Brasil, o setor de reparação automotiva deve crescer continuamente até 2025.

Ou seja, não vai faltar serviço para os profissionais de reparação automotiva nos próximos 10 anos.

Explicação: menos carros novos = mais manutenção

Com a crise, a venda de carros novos nos últimos dois anos se manteve em queda.

Até novembro de 2016, houve redução de 20,4% no número de carros novos emplacados comparando com 2015, que foi um ano bem ruim também: fechou em queda, de 21,2% em relação a 2014. 

O que isso quer dizer? Que 2014 para cá, mais de 1,7 milhões de veículos deixaram de ser substituídos.

Por isso, a tendência é que nos próximos cinco anos a idade média da frota brasileira aumente. No caso de veículos leves, como os carros de passeio, a expectativa é que ela suba de 9,3 para 10,6 anos.

Carros que rodam por mais tempo exigem mais manutenção e é aí que entra o serviço de reparação automotiva.

Somente o necessário

O fenômeno não é inédito. Aconteceu a mesma coisa nos EUA, durante a crise imobiliária de 2008. O resultado: o número de serviços das oficinas cresceu, apesar da diminuição do "ticket médio", que é o quanto os clientes gastam em média com cada serviço.

O raciocínio é simples - as pessoas cortam gastos e não compram carros novos. Então partem para a manutenção do veículo que já têm. E como querem economizar, acabam fazendo apenas os serviços essenciais.

Mesmo assim, a tendência é que o faturamento das oficinas mecânicas aumente, ganhando no volume de serviços prestados.

Conclusão

Segundo os dados da Fraga Marketing, o setor de reparação automotiva deve crescer continuamente até 2025.

Para os oficinas que querem aproveitar as oportunidades da crise, a melhor saída é a eficiência. Como o lucro está no volume de serviços prestados, carros parados, ocupando espaço na oficina, são um prejuízo ainda maior.

Mais do que nunca, os gestores de oficina mecânica devem investir em processos e equipamentos de alta confiabilidade.


Para saber mais: Estudo de frota prova que não vai faltar serviço na reposição, Oficina Brasil

  NEWSLETTER
ALF Ferramentas © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: Imaginatto Design e Marketing